Polícia prende acusado de perseguir, atropelar e matar motociclista por causa de esbarrão em retrovisor no RJ

Homem estava em Mato Grosso e transferência para o Rio de Janeiro já foi solicitada pela Polícia Civil.

Caso ocorreu em fevereiro de 2019 em Rio das Ostras.

A Polícia Civil de Mato Grosso prendeu nesta sexta-feira (17) o homem acusado de perseguir, atropelar e matar o motociclista David Pires, de 20 anos, por causa de um esbarrão no retrovisor do carro.

O crime aconteceu em fevereiro de 2019 em Rio das Ostras (RJ).

Polícia investiga atropelamento de motociclista, em Rio das Ostras De acordo com testemunhas, David seguia de moto pela Rodovia Amaral Peixoto e após esbarrar no retrovisor do carro do suspeito chegou a pedir desculpas.

Porém, depois, segundo a polícia, o homem começou a seguir a vítima e, na altura do fórum da cidade, jogou o carro em cima do motociclista. David bateu em duas árvores e morreu na hora.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Ronaldo Cavalcante, o acusado estava morando em Cuiabá, onde trabalhava como chaveiro. A delegacia de Rio das Ostras já pediu a transferência do suspeito para o Rio de Janeiro, mas ainda não há previsão de quando isso vai acontecer. O homem vai responder por homicídio doloso (quando há intenção de matar) por motivo fútil.

O caso foi enquadrado como crime hediondo.

A pena pode ser de até 30 anos de prisão.

Categoria:RJ - Região dos Lagos